O Inevitável Tempo das Coisas amanhã no Teatro Sérgio Cardoso

0
101

O Inevitável Tempo das Coisas estreia amanhã no Teatro Sérgio Cardoso

Bijari cria cenário para peça teatral “O Inevitável Tempo das Coisas” que estreia amanhã no Teatro Sérgio Cardoso

Estúdio desenvolveu projeções e cenografias para palco que contará com quebra-cabeça cênico 

Projeção do Estúdio Bijari 

São Paulo, abril de 2018 – O Estúdio Bijari, ganhador do Prêmio Shell 2017 por “Adeus! Palhaços Mortos” criou as projeções e cenografia da peça “O Inevitável Tempo das Coisas”, que estreia amanhã, 3 de abril, no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo. A temporada segue até o próximo dia 23 de maio.
Para o projeto cênico, os artistas do Bijari criaram um espaço labiríntico que costura a trajetória de um casal ao longo dos anos oferecendo uma nova experiência interativa. A proposta foi desenvolvida a partir da intersecção entre as particularidades do texto e do espaço escolhido para receber a peça, uma área não convencional, que traz novos desafios e potências para a resolução cenográfica.
“Pensamos esse cenário com base na ideia de que as pessoas fazem diferentes registros dos mesmos eventos, gerando, portando, diferentes memórias para as mesmas experiências. Isso levou a imagem de um espaço fragmentado, um labirinto no qual as lembranças são editadas em função desses diferentes registros e interpretações de cada indivíduo”, explica Geandre Tomazoni, artista do Bijari. 

Sobre a peça

Neste espetáculo de suspense psicológico, escrito por Wagner D’Ávilla, dois desconhecidos (Natallia Rodrigues e Pedro Henrique Moutinho) sentem uma forte atração a partir de um Déjà Vu. Os desdobramentos desse encontro revelam os percalços de uma relação construída e desconstruída ao longo de anos. Os eventos desafiam a ideia de um tempo fixo, estático e imutável. Uma distopia futurista e sombria onde as possibilidades se multiplicam, contradizem e se sobrepõem. Com encenação de José Roberto Jardim esta peça amplia ainda mais as possibilidades de leitura, gerando uma constante tensão entre o que é real, ilusão ou memória. 

 

“O Inevitável Tempo das Coisas” – direção José Roberto Jardim com cenografia de Estúdio Bijari

Elenco: Natallia Rodrigues e Pedro Henrique Moutinho
Texto: Wagner D’Avilla
De amanhã, 3 de abril até o dia 23 de maio de 2018
Teatro Sérgio Cardoso- R. Rui Barbosa, 153 – Bela Vista, São Paulo
Terças, quartas e quintas-feiras às 20 horas
Mais informações http://www.teatrosergiocardoso.org.br/event/o-inevitavel-tempo-das-coisas-2018-04-03/

Sobre o Bijari

Núcleo de criação em artes visuais e multimídia composto por um time de profissionais como artistas visuais, arquitetos, cenógrafos, designers, planejadores, diretores de vídeo e de arte. Bijari existe desde 1998 e possui um trabalho de pesquisa calcado na convergência entre arte, design e tecnologia, e tem como objeto de interesse as narrativas, poéticas e conflitos que moldam e dão vida à paisagem urbana, seja para a criação conceitual de suas obras públicas ou entregas para o mercado de entretenimento multimídia brasileiro. Mais informações em www.bijari.com.br

Agência Lema
Leandro Matulja/ Leticia Zioni
AgenciaLema.com.br 
Informações para a imprensa:  Marcos Morelli (11) 3871-0022 ramal 235

Destaques
A igreja eletrônica de Paulo Ho no Teatro Sergio Porto

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of