Documentário no Instagram discute como é trabalhar em startups no Brasil

0
39

Documentário no Instagram discute como é trabalhar em startups no Brasil

Com base em polêmica planilha da internet, filme é produzido pela Smarty Talks

São Paulo, julho de 2018 – A Smarty Talks, produtora especializada em micro movies, lança no Instagram, no dia 08/08, o documentário “Emprego dos Sonhos. Ou Não! (Startups)”. Com 6 episódios de um minuto cada, o filme tem o objetivo de ampliar o debate acerca da polêmica planilha “Como é trabalhar em uma startup”, que circula desde maio, na internet, com depoimentos anônimos de funcionários de startups de tecnologia sobre os bastidores dessas empresas no Brasil. A planilha foi criada pela @startupdareal, um perfil no Twitter e Medium com publicações ácidas a respeito do ecossistema das startups.

As declarações coletadas para o documentário, gravadas pela Smarty Talks na RankMyApp, startup focada em aquisição de usuários para mobile apps, tentam esclarecer as questões que, algumas vezes, são colocadas de forma extremista no documento disponível no Google Drive em relação às startups em geral, como baixos salários, assédio moral e sexual, problemas de gestão, entre outros, além de pensar em soluções.

Segundo Diego Monteiro, sócio da produtora e idealizador do projeto, o filme contribui para desmistificar o senso comum em torno do ambiente de trabalho nas startups. “Queremos mostrar os dois lados da relação entre empregado e startups, discutindo um pouco como é trabalhar neste mercado. Com os depoimentos, trouxemos uma visão conciliatória da discussão que consta nesta planilha, mostrando como lidar com a situação. Nosso propósito é deixar o registro para que todos os profissionais do segmento possam debater mais sobre o assunto e tomar decisões”, pontua.

O CEO da RankMyApp, Leandro Scalise, em um dos depoimentos do filme, conta que, nos últimos quatro anos, a mídia jogou a expectativa das startups lá para cima, e “as próprias startups quiseram vender o conceito de que tudo é uma maravilha”. Para ele, a questão salarial, reclamação recorrente na planilha, também tem seus contrapontos. “Uma startup geralmente não consegue competir com o salário de uma grande empresa. Então, ela precisa competir de outras formas, talvez com um plano de carreira acelerado”, revela.

Para quem sempre sonhou em trabalhar em escritórios com jogos, redes, pufes coloridos, biblioteca, plantas, espaço para cachorros, lounge com refrigerante e cerveja, além de um clima motivador, colaborativo e com alto grau de inovação e informalidade, vale a pena assistir ao documentário, que está disponível no Instagram da Smarty Talks, no perfil @smartytalksbr.

Com o projeto, que foi pensado e desenvolvido para o ambiente mobile, a Smarty Talks segue com a proposta de gerar conteúdos que se aproximem do consumo casual das pessoas na tela do celular.

Sobre a Smarty Talks

Criada por Diego Monteiro, um dos criadores da rede social Via6, e, da primeira plataforma brasileira de monitoramento para redes sociais, o Scup, a Smarty Talks é uma produtora de filmes e documentários no formato “micro movies”. Especializada em vídeos no formato mobile, a empresa oferece conteúdos de audiovisual diferenciados, com base nas estratégias de storytelling e branded content.

Relacionamento com imprensa

Seven Public Relations

Related Post

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of