Elza Soares fala sobre sua vida pessoal e carreira à Vogue Brasil de junho

0
143

Elza Soares fala sobre sua vida pessoal e carreira à Vogue Brasil de junho

Elza Soares por Daryan Dornelles 2

Às vésperas de completar 88 anos, Elza Soares fala em entrevista à Vogue Brasil de junho sobre amor, carreira, seu novo disco de inéditas recém-lançado e porque acredita que Deus é mulher.

Com sua voz rascante e cheia de swing, em 1953, Elza ganhou o prêmio máximo do programa do apresentador Ary Barroso, na Rádio Tupi, e deu o primeiro passo de uma carreira que seria cheia de altos e baixos – assim como sua própria vida, marcada por tragédias como a morte prematura de três de seus oito filhos, relacionamentos conturbados, violência doméstica. “Não vivo voltada para o passado. Mas não posso esquecê-lo. Ele que me fez ser quem eu sou”, diz Elza.

Mas o tempo de Elza é agora, que está lançando seu novo disco de inéditas, Deus É Mulher, conectado com os dias atuais, e uma “continuação” do pulsante álbum anterior, A Mulher do Fim do Mundo, de 2015. “Deus Há de Ser”, que inspirou o título do álbum, fala: Deus-há-de-ser fêmea/ Deus há de ser fina/ Deus há de ser linda. “A força não vem de ninguém. É a deusa que está dentro de mim. Mas não quero nunca que me coloquem como santa. Me coloquem como a mulher, o ser humano, que tem o direito de pecar, de perdoar, de ser perdoada. Sempre que eu caí, eu sabia que daria a volta por cima”, conclui.

A cantora finaliza “Minha função neste momento é a de fazer o mundo melhorar. Tenho a obrigação de fazer isso.” E isso inclui as questões femininas. “A luta da mulher é incessante. Tem o machismo, o assédio, o racismo. Dói ainda ver, em 2018, o negro sendo xingado, marginalizado, sem ter o direito de ser gente.”

Elza, que só se apresenta sentada – depois de ter levado um tombo do palco em 1999 e ter fraturado uma vértebra – revela que ainda tem dificuldade para andar. “Tenho feito shows sentada porque tenho medo de cair de novo.” Mas não se queixa de nada. “Minha vida foi de muita sorte”, diz ela, que terá, em julho, um musical em sua homenagem, e, até o fim do ano, uma biografia escrita por Zeca Camargo.

A Vogue Brasil de junho chega às bancas no dia 1º de junho.

Elza Soares fala sobre sua vida pessoal e carreira à Vogue Brasil de junho

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of