O CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL SÃO PAULO APRESENTA MOSTRA INÉDITA

0
143

O CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL SÃO PAULO APRESENTA MOSTRA INÉDITA EM HOMENAGEM A ENNIO MORRICONE, PRESTES A COMPLETAR 90 ANOS.De 24/01 A 19/02, o Centro Cultural Banco do Brasil exibe 22 longas de gêneros, países e diretores diferentes que tiveram trilha sonora do maestro italiano

 

 
As composições do maestro italiano Ennio Morricone fazem parte da trilha sonora de mais de 500 filmes e, principalmente, da vida de muita gente.  Seu trabalho se confunde com a história do cinema mundial, com arranjos que ganharam fama nos aclamados filmes de faroeste italiano – Spaghetti western –, passando por longas policiais, dramas românticos, filmes de terror, de máfia e de época. No ano em que Morricone completa 90 anos, o Centro Cultural Banco do Brasil presta uma homenagem ao maestro e compositor com uma mostra dedicada ao seu trabalho. “SONORA: ENNIO MORRICONE“ exibirá 22 filmes de gêneros e diretores diferentes, mas com algo em comum: a trilha marcante do maestro.Com curadoria de Rafael Bezerra, a mostra fica em cartaz em São Paulo de 24 de janeiro até 19 de fevereiro. Ao longo do mês, o público poderá conferir filmes de alguns dos mais aclamados diretores, como Terrence Malick, Quentin Tarantino, Brian de Palma, Pedro Almodóvar, Sergio Leone e Bernardo Bertolucci, entre outros. A mostra também terá debate especial no dia 15 de fevereiro com Rafael Bezerra (curador), Filipe Furtado (palestrante) e Vivian Aguiar-Buff (palestrante), após a exibição em 35 mm do filme O Deserto dos Tártaros. Além disso, a mostra contará ainda com uma sessão inclusiva com audiodescrição e intérprete de libras do filme Por um Punhado de Dólares, no dia 19.- É incrível como Morricone tem uma das assinaturas mais inconfundíveis da história do cinema (a força visual, a carga afetiva, ideias simples em arranjos complexos, instrumentação incomum, sons concretos, uso da voz humana como parte da orquestra, longos silêncios, gags musicais e notas únicas sustentadas por um bom tempo), e, ainda assim, suas músicas, nos melhores casos, conseguem ser absolutamente absorvidas pelos filmes dos quais emergem – afirma Rafael Bezerra.

A programação conta com filmes desde a década de 60, que deram notoridade ao compositor, como os longas de bang bang italiano de Sergio Leone (“Por um Punhado de Dólares“ e “Por um Punhado de Dólares a Mais“), até filmes mais recentes, como “Os Oito Odiados“ (2016), de Quentin Tarantino, que rendeu a Morricone o Oscar de Melhor Trilha Original.

É uma mostra de filmes e trilhas de todos os tipos, gêneros, décadas e nacionalidades. Um breve e afetivo panorama dedicado a exibir e fomentar a discussão a respeito da filmografia diversa e extensa de um dos maiores compositores da história do cinema – define Bezerra. Após estreiar em São Paulo, a mostra parte para o CCBB Brasília onde acontecerá de 30 de janeiro até 25 de fevereiro.

Sobre Ennio Morricone

Nascido em Roma, filho de trompetista, Morricone desde muito cedo demonstrou o desejo e o talento para seguir a carreira do pai. Aos seis anos, já tocava trompete e compunha suas primeiras partituras. Entre 1943 e 1954, estudou no Conservatório Santa Cecilia, na capital italiana, sob a supervisão do maestro Goffredo Petrassi, e tocava com o pai nos clubes de jazz da cidade. Fã de Stravinsky e sua relação com o folclore russo e das canções românticas de Stockhausen, Morricone passou a trabalhar como arranjador para o canal de TV RAI no final dos anos 50. Ao longo das décadas de 50 e 60, fez o arranjo de centenas de músicas. Nelas já era possível identificar seu gosto, marcante em seu trabalho no cinema, pela música concreta, pela incorporação de ruídos e sons do dia a dia como parte integrante da composição musical.

Em 1961, Luciano Salce o convidou para fazer a trilha de seu filme, Il Federale. Embora não fosse uma pessoa que frequentava o agitado mundo dos cineastas e produtores italianos, os convites foram se tornando cada vez mais frequentes. Em 1964, Morricone reencontraria aquele que seria seu parceiro mais famoso, Sérgio Leone. Nascia ali trilogia dos dólares. De lá pra cá, são mais de 500 composições para o cinema.
Lista de filmes:

Por Um Punhado de Dólares (1964)

Per un pugno di dollari / Itália / 1h 39min

Direção: Sergio Leone

Um pistoleiro sem nome chega a San Miguel, uma cidade no México que faz fronteira com os Estados Unidos. O lugar está em guerra, dividido entre duas facções poderosas, os Baxters e os Rojos, e ambas querem o apoio do pistoleiro. Para ganhar dinheiro, ele aceita as duas propostas e passa a trabalhar para as gangues rivais.

 

Por uns Dólares a Mais (1965)

Per qualche dollaro in più / Itália / 2h 12min 

Direção: Sergio Leone

Manco é um astuto caçador de recompensas, que perambula pelas cidades do velho oeste americano em busca de um novo alvo. Ele o encontra quando vê o cartaz de procurado de Indio, um perigoso bandido que também está sendo procurado pelo coronel Douglas Mortimer, outro caçador de recompensas. Os dois partem no encalço de Indio mas, sem conseguir capturar o bandido nem eliminar o rival, eles precisam decidir entre unir forças ou serem eliminados pela gangue de Indio.

 

Três Homens em Conflito (1966)

Il buono, il brutto, il cattivo / Itália / 2h 41min

Direção: Sergio Leone

O inimitável Homem sem Nome se alia a dois pistoleiros para ir atrás de uma fortuna em ouro roubado. Mas o trabalho em equipe não é uma atividade comum aos fora da lei, e eles logo descobrem que seu maior desafio é ficar vivo em um país devastado pela guerra.

 

A Batalha de Argel (1966)

La battaglia di Algeri / Argélia e Itália / 2h 01min

Direção: Gillo Pontecorvo

Entre os anos de 1954 e 1957, o povo da Argélia decidiu que não seria mais explorado: assim teve início o conflito que levou o país à sua independência. No entanto, a França, através de seu numeroso exército, não estava disposta a deixar que a Argélia se tornasse independente. Começa aí uma verdadeira batalha em Argel, capital do país, travada principalmente entre os métodos convencionais da tropa francesa e as técnicas não-convencionais da FLN, a Frente de Libertação Nacional.

 

Joe, o Pistoleiro Implacável (1966)

Navajo Joe / Itália / 1h 33min

Direção: Sergio Corbucci

Joe (Burt Reynolds, em um de seus primeiros papéis como protagonista) é o guerreiro Navajo que enfrenta sozinho o bando liderado por Duncan após o massacre de sua aldeia. Demonstra certa crítica social abordando o tema dos índios.

 

Teorema (1968)

Itália / 1h 45min

Direção: Pier Paolo Pasolini

Em Milão, a vida de uma rica família burguesa é totalmente modificada por um misterioso visitante, que seduz a empregada, o filho, a mãe, a filha e, finalmente, o pai. Além disto tem um contato intelectual com todos eles, convencendo-os da futilidade da existência, e após cumprir seu objetivo parte em poucos dias. Após sua ida, ninguém da família consegue continuar vivendo da mesma forma, sendo que cada um deles toma um caminho diferente.

 

O Pássaro das Plumas de Cristal (1970)

L’uccello dalle piume di cristallo / Itália / 1h 36min

Direção: Dario Argento

O escritor americano Sam Dalmas, que vive em Roma, testemunha uma bela mulher sendo atacada por uma figura misteriosa – provavelmente a responsável por vários assassinatos que estão acontecendo na cidade. Como a polícia não resolve o caso, ele parte para investigar os crimes por conta própria.

 

Investigação Sobre um Cidadão Acima de Qualquer Suspeita (1970)

Indagine su un cittadino al di sopra di ogni sospetto / Itália / 1h 55min

Direção: Elio Petri

Inspetor do alto escalão da polícia italiana, com reputação ilibada, fama de incorruptível, mas reacionário, mata sua amante, Augusta Terzi. Testa se a polícia irá acusá-lo por isso e durante o filme, ele vai plantando pistas óbvias que o identificam como o assassino ao mesmo tempo em que vê os colegas ignorando-as, intencionalmente ou não.

 

 O Cérebro do Mal (1972)

Il diavolo nel cervello / Itália / 1h 46min

Direção: Sergio Sollima

Uma criança é suspeita de matar seu pai e está preso em um hospital psiquiátrico. Um médico a encontra e constata que ela é mentalmente saudável, então começa a suspeitar de uma outra explicação para o assassinato.

 

O Deserto dos Tártaros (1976)

Il deserto dei tartari / Itália / 2h 20min

Direção: Valerio Zurlini

No meio do deserto, abrigado em um forte, um grupo de soldados espera por um inimigo que nunca chega. Dias e anos passam e nada acontece. Nessa longa espera, os dramas pessoais dos soldados vêm à tona.

 

1900 (1976)

Novecento / Itália, França e Alemanha / 5h 17min

Direção: Bernardo Bertolucci

O filme acompanha as vidas e a relação de dois homens, o filho de um camponês e o de um fazendeiro, na Itália, de 1900 a 1945. Nesse período, surge e cresce o fascismo e, em contraposição, o comunismo, o que vai afetar a vida dos personagens centrais.

 

Cinzas no Paraíso (1978)

Days of Heaven / EUA / 1h 34min

Direção: Terrence Malick

No início do século XX, Bill e Abby formam um jovem casal que vive e trabalha em Chicago, mas passa a imagem que são apenas irmãos. Quando decidem ir para o sul trabalhar nos campos, em companhia de uma garota, vão parar em uma fazenda no Texas, onde o proprietário se apaixona pela “irmã”.

 

O Enigma do Outro Mundo (1982)

The Thing / EUA / 1h 49min

Direção: John Carpenter

O mestre do terror John Carpenter usa de efeitos especiais e muito suspensa nesta versão arrepiante do clássico O monstro do Ático. No verão de 1982, um time de 12 pesquisadores trabalha numa remota estação na Antártica e descobre um ser alienígena submerso na neve há mais de cem mil anos.

 

Cão Branco (1982)

White Dog / EUA / 1h 30min

Direção: Samuel Fuller

Julie Sawyer, uma jovem aspirante a atriz, encontra um cão branco perdido na rua e resolve adotá-lo. Ela aos poucos percebe que se trata de um animal treinado a vida toda para atacar pessoas negras (a exemplo dos ‘cães brancos’ da África do Sul). Ao perceber o comportamento racista do cachorro, ela o entrega a Keys, um treinador de animais, ele próprio negro, para tentar reeducar o animal.

 

A Missão (1986)

The Mission / França e Inglaterra / 2h 5min

Direção: Roland Joffé

No final do século XVIII, Mendoza, um mercador de escravos, fica com crise de consciência por ter matado Felipe, seu irmão, num duelo, pois Felipe se envolveu com Carlotta. Ela havia se apaixonado por Felipe, e Mendoza não aceitou isto, pois ela tinha um relacionamento com ele. Para tentar se penitenciar, Mendoza se torna um padre e se une a Gabriel, um jesuíta bem intencionado que luta para defender os índios, mas se depara com interesses econômicos.

Os Intocáveis (1987)

The Untouchables / EUA / 1h 59min

Direção: Brian De Palma

Na Chicago de 1930, quando ainda vigora a Lei Seca, o gângster Al Capone controla o crime na cidade e o tráfico de bebidas. Para detê-lo, o agente Eliot Ness organiza um grupo de policiais incorruptíveis que recebe a alcunha de “Os Intocáveis”. As ações constantes do grupo infligem duros prejuízos em Capone, que resolve revidar com violência, enquanto a corrupção que se estende aos tribunais e à própria força policial dificulta ainda mais a missão de Ness e seus homens.

 

Cinema Paradiso (1988)

Nuovo Cinema Paradiso / Itália / 2h 35min

Direção: Giuseppe Tornatore

Nos anos que antecederam a chegada da televisão (logo depois do final da Segunda Guerra Mundial), em uma pequena cidade da Sicília, o garoto Toto ficou hipnotizado pelo cinema local e procurou travar amizade com Alfredo, o projecionista que se irritava com certa facilidade, mas tinha um enorme coração.

 

Ata-me (1989)

Átame! / Espanha / 1h 41min

Direção: Pedro Almodóvar

Ricky sai de um reformatório psiquiátrico e vai para um set de filmagens, onde Marina Osorio, uma ex-viciada em heroína e ex-atriz pornô que ele já conhecia de um bordel, está filmando um filme de terror “B” que está sendo dirigido por Maximo Espejo, um diretor conhecido que está tentando se recuperar após ter tido um forte derrame, que o deixou preso a uma cadeira de rodas.

 

Bugsy (1991)

EUA / 2h 16min

Direção: Barry Levinson

Em Nova York, dois sócios de Bugsy Siegel tentam descobrir uma maneira de participar dos lucros da Costa Oeste e mandam Bugsy para Los Angeles para dividir o espaço com o chefão local. Mas esta viagem, prevista para durar quatro dias, leva a vida toda, pois ele se apaixona pela cidade, pelos filmes e, principalmente, por Virginia Hill. Em pouco tempo conquista a atenção de todos através da violência ou do seu sorriso.

 

Lolita (1997)

EUA / 2h 17min

Direção: Adrian Lyne

Em 1947, um professor de meia-idade de origem inglesa vai lecionar literatura francesa em uma pequena cidade da Nova Inglaterra e aluga um quarto na casa de uma viúva, mas só realmente decide ficar quando vê a filha dela, uma adolescente de 14 anos por quem fica totalmente atraído. Apesar de não suportar a mãe da jovem se casa com ela, apenas para ficar mais próximo do objeto de sua paixão, pois a atração que ele sente pela enteada é algo devastador.

 

Malena (2000)

Itália / 1h 49min 

Direção: Giuseppe Tornatore

Em 1941, numa pequena vila localizada na Sicília, um grupo de garotos de 13 anos de idade nutre uma profunda paixão por Malena, a viúva de um soldado local, despertando uma história de amor, perda e coragem.

 

Os Oito Odiados (2015)

The Hateful Eight / EUA / 3h 7min

Direção: Quentin Tarantino

Durante uma nevasca, o carrasco John Ruth está transportando uma prisioneira, a famosa Daisy Domergue, que ele espera trocar por grande quantia de dinheiro. No caminho, os viajantes aceitam transportar o caçador de recompensas Marquis Warren, que está de olho em outro tesouro, e o xerife Chris Mannix, prestes a ser empossado em sua cidade. Como as condições climáticas pioram, eles buscam abrigo no Armazém da Minnie, onde quatro outros desconhecidos estão abrigados.

Programação:
1º Semana

 

Quarta, 24 de janeiro

15h30 – A missão (The Mission / 1986 / 2h 5min / Bluray)

18h15 – Três homens em conlito (Il buono, il brutto, il cattivo / 1966 / 2h 41min / Bluray)

 

Quinta, 25 de janeiro

16h30 – Cérebro do Mal (Il diavolo nel cervello / 1972 / 1h 46min / Bluray)

19h00 – O engima do outro mundo (The Thing / 1982 / 1h 49min / Bluray)

 

Sexta 26, de janeiro

16h30 – A batalha de Argel (La battaglia di Algeri / 1966 / 2h 01min / Bluray)

19h00 – Por um punhado de dólares (Per un pugno di dollari / 1964 / 1h 39min / Bluray)

 

Sábado, 27 de janeiro

15h00 – 1900 (Novecento / 1976 / 5h 17min / Bluray)

 

Domingo, 28 de janeiro

15h30 – Investigação sobre um cidadão acima de qualquer suspeita (Indagine su un cittadino al di sopra di ogni sospetto / 1970 / 1h 55min / Bluray)

18h00 – Os intocáveis (The Untouchables / 1987 / 1h 59min / Bluray)

 

Segunda, 29 de janeiro

16h00 – Lolita (1997 / 2h 17min / Bluray)

19h00 – Malena (2000 / 1h 49min / Bluray)

 

2º Semana

 

Quarta 31, de janeiro

15h30 – Os oito odiados (The Hateful Eight / 2015 / 3h 7min / Bluray) 

19h30 – Cão branco (White Dog / 1982 / 1h 30min / Bluray)

 

Quinta, 01 de fevereiro

17h00 – A batalha de Argel (La battaglia di Algeri / 1966 / 2h 01min / Bluray)

19h15 – Cinzas no paraíso (Days of Heaven / 1978 / 1h 34min / Bluray)

 

Sexta 02, de fevereiro

15h30 – 1900 (Novecento / 1976 / 5h 17min / Bluray)

 

Sábado, 03 de fevereiro

16h00 – Investigação sobre um cidadão acima de qualquer suspeita (Indagine su un cittadino al di sopra di ogni sospetto / 1970 / 1h 55min / Bluray)

18h30 – Os intocáveis (The Untouchables / 1987 / 1h 59min / Bluray)

 

Domingo, 04 de fevereiro

16h00 – Cérebro do Mal (Il diavolo nel cervello / 1972 / 1h 46min / Bluray)

19h15 – O enigma do outro mundo (The Thing / 1982 / 1h 49min / Bluray)

 

Segunda, 05 de fevereiro

15h30 – Lolita (1997 / 2h 17min / Bluray)

18h30 – Bugsy (1991 / 2h 16min / Bluray)

 

3º Semana

 

Quarta 07, de fevereiro

16h30 – Malena (2000 / 1h 49min / Bluray)

19h00 – Os intocáveis (The Untouchables / 1987 / 1h 59min / Bluray)

 

Quinta, 08 de fevereiro

16h00 – Ata-me (Átame! / 1989 / 1h 41min / Bluray)

18h30 – Bugsy (1991 / 2h 16min / Bluray)

 

Sexta 09, de fevereiro

15h30 – Cão branco (White Dog / 1982 / 1h 30min / Bluray)

17h30 – Os oito odiados (The Hateful Eight / 2015 / 3h 7min / Bluray) 

 

Sábado, 10 de fevereiro

13h30 – Por um punhado de dólares (Per un pugno di dollari / 1964 / 1h 39min / Bluray)

15h30 – Por uns dólares a mais (Per qualche dollaro in più / 1965 / 2h 12min / 35mm)

18h00 – Três homens em conflito (Il buono, il brutto, il cattivo / 1966 / 2h 41min / Bluray / 12 anos)

 

Domingo, 11 de fevereiro

16h00 – Teorema (1968 / 1h 45min / 35mm)

18h15 – Joe, o pistoleiro implacável (Navajo Joe / 1966 / 1h 33min / 35mm)

 

Segunda, 12 de fevereiro

17h00 – Ata-me (Átame! / 1989 / 1h 41min / Bluray)

19h00 – Cinzas no paraíso (Days of Heaven / 1978 / 1h 34min / Bluray)

 

4º Semana

 

Quarta 14, de fevereiro

16h30 – Cinema Paradiso (Nuovo Cinema Paradiso / 1988 / 2h 35min / Bluray)

19h30 – Joe, o pistoleiro implacável (Navajo Joe / 1966 / 1h 33min / 35mm)

 

Quinta, 15 de fevereiro

16h00 – O deserto dos Tártaros (Il deserto dei tartari / 1976 / 2h 20min / 35mm)

19h00 – Debate: Rafael Bezerra (curador), Filipe Furtado (palestrante) e Vivian Aguiar-Buff (Palestrante)

 

Sexta 16, de fevereiro

16h30 – A missão (The Mission / 1986 / 2h 5min / Bluray / 12 anos)

19h15 – O pássaro das plumas de cristal (L’uccello dalle piume di cristallo / 1970 / 1h 36min / 35mm)

 

Sábado, 17 de fevereiro

16h00 – Teorema (1968 / 1h 45min / 35mm)

18h15 – Por uns dólares a mais (Per qualche dollaro in più / 1965 / 2h 12min / 35mm)

 

Domingo, 18 de fevereiro

16h00 – O pássaro das plumas de cristal (L’uccello dalle piume di cristallo / 1970 / 1h 36min / 35mm)

18h00 – O deserto dos Tártaros (Il deserto dei tartari / 1976 / 2h 20min / 35mm)

 

Segunda, 19 de fevereiro

16h00 – Por um Punhado de Dólares (Sessão Inclusiva – audiodescrição + legendagem + LIBRAS) (Per un pugno di dollari / 1964 / 1h 39min / Bluray)

18h30 – Cinema Paradiso (Nuovo Cinema Paradiso / 1988 / 2h 35min / Bluray)

Serviço:
Mostra “SONORA: ENNIO MORRICONE“

Data: de 24 de janeiro a 19 de fevereiro de 2017

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

Cinema: 70 lugares

Rua Álvares Penteado, 112 – Centro

Todos os ingressos: R$ 5,00 (meia entrada)

 

Horários e classificação indicativa no site

Informações: (11)3113-3651 | (11) 3113-3652

ccbbsp@bb.com.br | www.bb.com.br/cultura | www.twitter.com/ccbb_sp |

www.facebook.com/ccbbsp | www.instagram.com/bancodobrasil

 

Horários e classificação indicativa

Acesso e facilidades para pessoas com deficiência física // Ar-condicionado // Loja // Café Flashback

Estacionamento conveniado: Estapar Estacionamentos – Rua Santo Amaro, 272, Centro – R$ 15,00 pelo período de 5 horas. Necessário carimbar o ticket na bilheteria do CCBB.

Translado Gratuito: Uma van faz o translado gratuito entre o estacionamento e o CCBB. No trajeto de volta, tem parada no Metrô República. Embarque e desembarque: Rua Santo Amaro, 272 e Rua da Quitanda, próximo à entrada do CCBB.

 

Assessoria de Imprensa:
Sinny Assessoria e Comunicação

 

Assessoria de imprensa do CCBB
Leonardo Guarniero

 

 

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar